sexta-feira, 23 de julho de 2010

Cíclico

Eu amo, eu vivo,
Eu morro, eu crio.
Eu logo sossego.

Eu tropeço, eu caiu,
Eu desmaio, eu levanto.
Eu logo me apresso.


Mas,
eu não canso, não desisto.
E volto a cair.


É cíclico e eu nunca aprendo.

4 comentários:

"Tudo o que escrevo não está escrito em livro algum senão no meu, tudo o que sinto não é sentido por mais pessoa senão a minha. Um obrigado do fundo do coração a todos aqueles que fazem deste sonho uma realidade." Bianca D'Sousa