quinta-feira, 3 de junho de 2010

Amanhecer

Quando amamos aquele que nos mata ficamos sem opções.
Como se pode fugir, como se pode lutar, se ao fazê-lo magoamos quem mais queremos? Se a tua vida era tudo o que tinhas para dar como podias recusa-la?

**
E (...) se a vida é cíclica e se o que é cíclico não tem fim o que é a vida afinal?

P.S"Certamente morreria sem saber o final desta batalha, mas, se tivesse de escolher, morreria por ela."

(Stephenie Meyer) L'

2 comentários:

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  2. Obrigado *.*

    Simplesmente tocante o excerto, é algo que nos faz pensar na luta do dia a dia...

    Continua, és fantástica! ^^

    Beijinho*

    ResponderEliminar

"Tudo o que escrevo não está escrito em livro algum senão no meu, tudo o que sinto não é sentido por mais pessoa senão a minha. Um obrigado do fundo do coração a todos aqueles que fazem deste sonho uma realidade." Bianca D'Sousa