terça-feira, 29 de junho de 2010

Quero-te (muito)


Hoje eu amo-te e quero-te com todas as minhas forças e amanhã eu não sei, não sei se vou amar-te como hoje, nem sei se aqui estarei para dize-lo. por isso, fica aqui, hoje, esta carta para que saibas que te amo sim, hoje e sempre.
Caso amanhã não acorde, acredita que te amo hoje e que te amei ontem, como todos os dias em que estive realmente viva.

(amo-te)

Sem comentários:

Enviar um comentário

"Tudo o que escrevo não está escrito em livro algum senão no meu, tudo o que sinto não é sentido por mais pessoa senão a minha. Um obrigado do fundo do coração a todos aqueles que fazem deste sonho uma realidade." Bianca D'Sousa