quarta-feira, 19 de maio de 2010

Desamor

Ela saiu e deixou a chave debaixo do tapete, nem por saberes que la estava foste busca-la e abrir a porta da casa que foi vossa.

Ela não queria ser amada "incondicionalmente", só queria deitar e acordar com os teus suspiros, como tinhas prometido, o que na verdade aconteceu foi que lhe roubas-te a alma e vendeste-a ao mundo. Não conseguiste guardar a tua e nem a dela soubeste guardar.

(Agora)
A casa esta vazia, as gavetas tão vazias, e a torneira está seca de saudade, está tudo á espera que voltes ... com ela debaixo do braço.

Sem comentários:

Enviar um comentário

"Tudo o que escrevo não está escrito em livro algum senão no meu, tudo o que sinto não é sentido por mais pessoa senão a minha. Um obrigado do fundo do coração a todos aqueles que fazem deste sonho uma realidade." Bianca D'Sousa